Fesojus apóia luta pela nomeação de Oficiais concursados no TJ-CE

2A Fesojus, juntamente com o Sindojus-CE, fez-se presente na reunião realizada no último dia 18,  com o presidente do TJ-CE, desembargador Gladyson Pontes, para tratar de pedido de nomeação de novos Oficiais de Justiça no Judiciário cearense. Existe um concurso realizado para o cargo em vigência, e a Comissão dos Aprovados, também presente na ocasião, luta pelas devidas nomeações.

Confiante, o diretor da Fesojus, Mauro Xavier, presente na ocasião, juntamente com o presidente Joao Batista Fernandes, acredita que o presidente da TJ-CE é sensível ao pedido. Segundo ele, a casa espera o resultado de um estudo relacionado à carência de Oficiais de Justiça, objetivando obter os números corretos para nomeação. “Espera-se que o estudo traga as informações verdadeiras, demonstrando a necessidade das nomeações dos que obtiveram sucesso no concurso passado”, ressalta Xavier.

Déficit
Conforme levantamento feito pelo Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) existe, em todo o Estado, um déficit de 77 Oficiais de Justiça. Existe um concurso em vigência, com 207 aprovados aptos a assumir e 25 vacâncias, sendo 13 do atual concurso e 12 de concursos anteriores, ou seja, são cargos já criados por lei, com dotação orçamentária prevista, mas, ainda assim, o TJCE se recusa a fazer as nomeações, prejudicando sobremaneira a prestação jurisdicional no Estado.

Fonte: Sindojus-CE e Assessoria Fesojus