No mês da Mulher, nossas homenagens a Dona Nadir, primeira oficiala de Justiça concursada do Brasil

nadir

nadirAtualmente com 86 anos de idade e aposentada, Nadir Mello Rodrigues de Souza foi a primeira mulher a prestar concurso público e ser aprovada para o cargo de oficial de Justiça no Brasil. Pessoa lúcida, amigável e comunicativa, ela encanta por sua animação e alegria.
Nadir prestou concurso público para o cargo de Oficial de Justiça do Tribunal de Justiça de São Paulo em fevereiro do ano de 1960, primeiro concurso para o cargo realizado no Estado. Na época, as inscrições eram restritas apenas a pessoas do sexo masculino, entretanto, o nome de dona Nadir foi confundido com nome masculino, sendo esta razão pela qual ela conseguiu participar do certame. Ela tinha 31 anos de idade quando passou no concurso e após a sua aprovação, o Tribunal demorou cerca de 10 anos para empossá-la.
Depois de anos de oficialato, com duas menções honrosas, Dona Nadir esbanja bons conselhos aos Oficiais de Justiça, refletindo a carga de experiência e sabedoria adquirida no decurso de sua vida e do exercício da função: “Os oficiais de Justiça devem se unir para o enfrentamento das adversidades. Apenas através da união da categoria, será possível garantir direitos a todos, inclusive direito a condições dignas de trabalho”.
Fonte: Infojus

Inscrição Conojus