Vitória: requerimento sobre PLC 30/2007 é aprovado no Plenário, garantindo sua votação

Em Brasília, a Diretoria da Fesojus acaba de conquistar uma grande vitória. Depois de vários meses de luta, o presidente da Federação, João Batista Fernandes, juntamente com o diretor de Assuntos Legislativos Luiz Arthur de Sousa, informam que o requerimento sobre o PLC 30/2007 pedindo sua votação em caráter de urgência foi lido e aprovado no Plenário do Senado Federal; com isso, a projeto irá diretamente para votação no Plenário.
O presidente da Fesojus enaltece a ajuda do senador José Antônio Medeiros, que esteve presente em todos os momentos do trâmite desta matéria. Também enaltece o trabalho do colega Luiz Arthur, “seu companheiro na ferrenha luta em Brasília”. Avisa que a partir de agora, a Federação estará trabalhando para que a matéria não tenha nenhum entrave na Casa Civil e que após ser aprovada no Plenário, siga para a sanção do Presidente da República.

Sobre o PLC 30 – O Projeto de Lei Complementar (PLC) 30/2007 altera a redação do art. 6º da Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003, que dispõe sobre o direito de agente público portar arma de fogo. A Diretoria da Fesojus  realizou intenso lobby junto aos senadores das Comissões e, após 11 anos de tramitação, o projeto chega a sua fase final, aguardando votação no Plenário e sanção da Presidência da República.